Minha primeira Bienal como autora

Lançamento de Vivendo na Terra do Nunca

Em agosto de 2018, ocorreu a 25ª Bienal Internacional do livro de São Paulo.

Tive a honra de participar, pela primeira vez, como autora – ainda que não estivesse solo.

Foi o evento de Lançamento de duas antologias, ambas no mesmo dia, uma seguidinha da outra. Sexta, dia 03/08, às 15h foi o lançamento de Póstumus-Relatos Sombrios e às 16h, Vivendo na Terra do Nunca.

Confesso que eu fiquei muito nervosa, porém animada. Dividi o estande com pessoas maravilhosas, que me fizeram sentir em casa. Lotamos o estande da Eu Leio Brasil, foi um orgulho!

A experiência foi muito enriquecedora, ainda mais para mim, que não sou muito comunicativa pessoalmente. A timidez é um problema, e conseguir lidar com ela foi um aprendizado importante.

Sou grata pela oportunidade, sobretudo, de dividir o estande com uma autora que eu gosto demais. A Ju Daglio foi a organizadora de Postumus e me senti honrada em dividir um espacinho com ela.

Além de participar de um projeto ao lado da Juliana, encontrei outros autores que admiro e tive a chance de conversar, pelo menos um pouquinho com eles: Camila Pelegrini, Glau Kemp e Marcus Barcelus .

Já tenho novidades sobre a Bienal do ano que vem, mas por enquanto não posso contar rs.

Então, que venha a próxima \o/

Bienal internacional do livro de São Paulo 2018

Dando uma passadinha rápida para dividir uma conquista com vocês. Este ano, estarei na minha primeira Bienal como autora. Estou muito feliz e ansiosa. Participarei do lançamento de duas antologias:  Vivendo na Terra do Nunca e Postumus-Relatos Sombrios.

             *** 03/08***

  • 16 hrs :Lançamento de Postumus- Relatos Sombrios, organizada pela Juliana Daglio em parceria com a editora Rouxinol .

conto: Sapatilhas Quebradas

  • 17hrs: Laçamento de Vivendo na Terra do Nunca, organizada pela Vanessa Nunes, em parceria com a Rico Editora.

Local:  Estande k092  Eu leio Brasil

 

Agenda Bienal 2018

 

 

 

 

 

Livros para conhecer culturas indígenas

 19 de Abril

Imagem relacionada

 

Dia do Índio é celebrado anualmente em 19 de abril. Esta importante data serve para lembrar e reforçar a identidade do povo indígena brasileiro e americano na história e cultura atual.

Na tentativa de preservar as tradições e identidade dos indígenas, a data surgiu para não deixar as novas gerações esquecerem das verdadeiras raízes que formam o povo brasileiro.

Para comemorar a data eu gostaria de indicar os livros de uma autora que conheci no Wattpad e é a primeira que me vem à mente quando penso em cultura indígena.

Continue reading